Home / Noticias das Viagens / Aeroportos dos EUA mais rigorosos com a segurança

Aeroportos dos EUA mais rigorosos com a segurança

tsa

Sim, é possível. A TSA emitiu um comunicado onde informa que os passageiros provenientes da Europa, do Médio Oriente e de África poderão ser obrigados a ligar qualquer dispositivo electrónico que transportem consigo. Se o tal tablet ou computador não tiverem energia na bateria, azar, ou ficam para trás ou o voo será perdido. Na realidade é provável que perca o avião de qualquer modo, uma vez que se o seu dispositivo não tiver carga, será investigado com mais detalhe e essas coisas costumam levar bom tempo.

De referir que apesar das autoridades norte-americanas não poderem forçar os aeroportos estrangeiros a aplicar o mesmo rigor, podem contudo recusar receber aviões que viajem a partir de onde os seus critérios não se apliquem.

Actualmente este tipo de controle pode suceder em alguns aeroportos europeus, mas, para além de se aplicarem apenas a computadores portáteis, estou convicto de que no caso do passageiro não ter carga na bateria o acesso a uma tomada eléctrica será facilitado.

Portanto, não se esqueça: se vai aos EUA ou planeia fazer escala num aeroporto neste país, assegure-se de que TODOS os seus dispositivos electrónicos estão devidamente carregados, caso contrário tem fortes probabildiades de perder o seu voo.

About Ricardo Ribeiro

Comecei a cruzar o mundo já tarde, mas num espaço de tempo relativamente curto senti recuperado o atraso. Foram cerca de cinquenta países e muitas experiências, em apenas nove anos, quase todas narradas no blog Papaléguas. Mas esses escritos são apenas um diário de viagens. Senti que tinha mais a contar, que podia ensinar algo. E decidi iniciar um segundo blog. Se o primeiro pode ser definido como “de viagens”, este é “sobre viagens”.

Veja também...

Novas Politicas de Bagagem da Wizzair

As novas condições de bagagem da Wizzair, a entrar em vigor a 29 de Outubro de 2017.

Ryanair sob Investigação: Atribuição de Lugares no Avião

Alegações recentes sob o funcionamento de atribuição de lugares pelo sistema da Ryanair levaram a BBC a iniciar uma investigação sobre este problema.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *