Home / Bits & Viagens / Bits & Viagens: Scribble Maps

Bits & Viagens: Scribble Maps

mapscribble-01

Há muitos anos que procurava algo assim e finalmente encontrei: um website onde o viajante possa traçar as suas rotas num mapa, para posterior utilização em blogs, para uma melhor organização, para partilha com amigos. Os produtos Google nunca permitiram isto. As rotas traçadas seguem estradas, deixando de fora trajectos de comboio, de avião ou de barco. E as opções são quase nulas.

O Scribble Maps permite traçar as rotas de forma altamente personalizada. Pode-se usar a ferramenta de traço livre ou a de linhas rectas. Pode-se escolher a côr, a espessura da linha, o tipo de linha. Isto permite, por exemplo, usar cores diferentes para os diversos meios de transporte. Digamos, um tracejado contínuo a vermelho para os troços feitos de comboio e uma linha em setas mais larga e de cor azul para os voos de avião. Podem colocar-se notas textuais e marcas no mapa que assinalarão o que se pretender… paragens na viagem, locais a destacar, sinais com os números de noites passadas em cada local… enfim… a imaginação é o limite.

Existem ferramentas para marcar áreas, algo mais comum. Podem-se também inserir imagens, mas é um processo que exige a colocação online dos ficheiros pretendidos, o que não estará ao alcance de todos.

Os traços marcados sobre os mapas – que são fornecidos pelo Google Maps – são facilmente editáveis. A visualização pode ser feita em layers diferentes: o clássico mapa de estradas, o mapa de terreno, as imagens de satélite ou mesmo um misto que as apresenta com as estradas marcadas.

Uma vez concluido o mapa, pode ser gravado, e se tiver criado um perfil passará a ter uma lista com os seus mapas; senão, poderá aceder-lhe inserido um código que lhe é fornecido quando o grava. Nessa ocasião recebe também um link para partilhar o trabalho com quem desejar. Pode também visualizar o que esteve a fazer no seu Google Earth ou simplesmente guardar o arquivo .kml.

mapscribble-02

O website tem ainda espaço para melhoras. Tecnicamente apresenta algus problemas, vê-se que há bugs. É preciso alguma paciência para lidar com estas situações. O registo de utilizador, que não é obrigatório mas melhora um pouco as funcionalidades, foi um drama. A funcionalidade de exportação do mapa em imagem .PNG apenas trabalha de vez em quando.

Mas numa avaliação global é uma excelente ferramenta, ainda por ciama gratuita, apesar de existir uma versão premium com mais possibilidades, que custa USD $5 por mês. Mas pronto, finalmente tenho ao meu dispôr uma forma de desenhar as minhas viagens. Futuras e passadas.

About Ricardo Ribeiro

Comecei a cruzar o mundo já tarde, mas num espaço de tempo relativamente curto senti recuperado o atraso. Foram cerca de cinquenta países e muitas experiências, em apenas nove anos, quase todas narradas no blog Papaléguas. Mas esses escritos são apenas um diário de viagens. Senti que tinha mais a contar, que podia ensinar algo. E decidi iniciar um segundo blog. Se o primeiro pode ser definido como “de viagens”, este é “sobre viagens”.

Veja também...

Acesso Wi-Fi em Aeroportos

Uma base de dados dinâmica sobre acessos Wi-Fi em aeroportos de todo o mundo.

CDC: a consulta de viajante online?

Um completo website norte-americano que poderá, em alguns casos, poupar uma ida à consulta do viajante. Afinal é aqui que é editado o Yellow Book, a fonte de informação dos clínicos de viagem por quase todo o mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *