Home / Bits & Viagens / Bits & Viagens: Skyscanner para Android

Bits & Viagens: Skyscanner para Android

skyscanner-00
Passo 1: definir origem e destino e datas.

O segmento de pesquisadores de vôos não é novo. Desde há vários anos que coexistem no mercado diversas propostas online, que, pelo menos na teoria, pesquisam todos os vôos disponíveis segundo os parâmetros definidos pelo utilizador, apresentando seguidamente os resultados de forma clara e ordenada. São serviços gratuitos, que geram dinheiro através de comissões sobre as vendas ou publicidade nas páginas.

Talvez o mais popular destes projectos seja o Skyscanner, que sofreu recentemente uma remodelação profunda, que procurou simplificar a forma como interage com o utilizador. Na realidade, nunca fui grande fã destes pequisadores. Simplesmente não confio neles, e esta desconfiança tem duas fontes: no plano teórico, não creio que possam ser fiáveis, e, também na práctica, já os “apanhei” a fornecerem-me resultados menos bons do que poderia encontrar se fosse manualmente à procura. É natural, afinal de contas a complexidade das operações que se desenrolam durante uma pesquisa é considerável.

Mas há um outro elemento que tende a manter-me afastados destes pesquisadores: é que apenas a minha mente pode ter em consideração elementos que são fundamentais. Dois exemplos: e se não me importar de passar dois dias a visitar Madrid se isso implicar uma ligação entre dois vôos de baixissmo custo para chegar ao destino? Vamos imaginar que me dirigo à Costa Rica. O bom do pesquisador começou a estudar opções e, não vendo nenhum vôo de ligação entre um Easyjet Lisboa-Madrid e a ligação transcontinental entre Madrid e a Costa Rica, informou-me que o negócio mais em conta era, por exemplo, 1200 Eur. Mas eu, humano, posso imaginar que se calhar é melhor dar uma vista de olhos para além das ligações que ocorrem numa janela de tempo considerada razoável. E assim, posso  encontrar um outro vôo entre Madrid e a Costa Rica que me passará o total a pagar dos tais 1200 Eur para apenas 620 Eur. Uma poupança significativa que carece da intervenção de uma mente humana para ser obtida. O segundo caso prende-se com a possibilidade de deslocação entre aeroportos. Estou em Faro e quero voar para Fez, em Marrocos. Um pesquisador irá sugerir-me um elaborado esquema, que passará talvez por um vôo até Lisboa, dali para Madrid, e, finalmente, da capital espanhola para Fez. Uma aventura com custos consideráveis, ma ordem das várias centenas de Euros. Isto porque o logaritmo não considera que posso conduzir o meu carro durante 2 horas e chegar a Sevilha, de onde voarei para Fez por 75 Eur pela ida e volta.

Explicada que está a minha reticência perante estes pesquisadores, chegou a hora de admitir que uma aplicação para Android conquistou o meu coração. É precisamente o Skyscanner, que de tão simples e agradável de usar entrou nos meus hábitos de planeamento, apesar dos problemas que apontei. Afinal, é uma primeira abordagem, cujos resultados podem ser verificados se sentir a necessidade disso.

Num primeiro momento o utilizador escolherá o aeroporto de partida e de chegada, que, em alguns casos, podem ser múltiplos (é possivel escolher um London – All Airports, por exemplo). Poderá filtrar os resultados de forma a excluir vôos que não sejam directos, e depois é escolher as datas. Também aqui a flexibilidade é rainha, porque é possível selecionar todo um mês. De resto, depois de tocar no botão “Search”, é-lhe apresentado um gráfico que mostra as opções mais económicas para cada dia, e ai é muito simples mover o quadro com um arrastar de dedo, passando rapidamente para outras datas e até outros meses.

skyscanner-02
Aqui vêem-se os preços dos nossos vôos para cada dia. Note à esquerda o pequeno número que indica o custo mais baixo possível.

O programa está cheio de pequenos detalhes que aumentam a facilidade de uso. Por exemplo, nos gráficos com os resultados, um pequeno número à esquerda informa o utilizador da tarifa mais baixa encontrada, mesmo que não se encontre no espectro de datas escolhidas. Depois, é possível fazer-se um share dos resultados, o que me costuma dar bastante jeito, uam vez que envio para mim próprio, por e-mail, as opções mais agradáveis, para poder voltar até elas mais tarde ou simplesmente ponderar possibilidades. Mas, claro, tratando-se de Android, pode-se colocar directamente uma viagem selecionada no nosso Facebook.

O passo seguinte é selecionar os dias que, já com os valores indicados, nos interessam. O software apresenta então todas as possibilidades, ordenadas da mais económica para a mais cara. Um toque na nossa escolha e podemos ver os planos de vôo: companhias aéreas, hora de partida, hora de chegada, tempo de vôo, e, em caso de escalas, a duração da espera no aeroporto. Simples e eficaz. E pode-se fazer uso da função de memorização das últimas pesquisas para procurar alternativas com ligeiras variações. Exemplo: se o custo de uma viagem entre Faro e Riga não agradar, posso partir logo para a opção Faro – Tallin – sabendo que posso viajar de forma barata e rápida de autocarro entre essas duas cidades bálticas – sem ter que reintroduzir todos os valores.  Bastará mudar de Riga para Tallin e o aeroporto de destino, as datas e outras opções mantêm-se.

Em suma, uma ferramenta muito bem conseguida, que, se considerarmos as vulnerabilidades genéricas dos pesquisadores de vôo, se usa com muito prazer e que nos pode poupar imenso tempo e, talvez, dinheiro. Apesar de ser possível fazer o mesmo no website Skyscanner, a utilização da app para smartphones e tablets Android torna a operação ainda mais agradável e eficiente.

skyscanner-01
Os detalhes da viagem

Link directo para a aplicação na Google Play Store

About Ricardo Ribeiro

Comecei a cruzar o mundo já tarde, mas num espaço de tempo relativamente curto senti recuperado o atraso. Foram cerca de cinquenta países e muitas experiências, em apenas nove anos, quase todas narradas no blog Papaléguas. Mas esses escritos são apenas um diário de viagens. Senti que tinha mais a contar, que podia ensinar algo. E decidi iniciar um segundo blog. Se o primeiro pode ser definido como “de viagens”, este é “sobre viagens”.

Veja também...

Acesso Wi-Fi em Aeroportos

Uma base de dados dinâmica sobre acessos Wi-Fi em aeroportos de todo o mundo.

CDC: a consulta de viajante online?

Um completo website norte-americano que poderá, em alguns casos, poupar uma ida à consulta do viajante. Afinal é aqui que é editado o Yellow Book, a fonte de informação dos clínicos de viagem por quase todo o mundo.

Um comentário

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *