Home / Viagens / # Leste Europeu 2012

# Leste Europeu 2012

Do Báltico ao Mar Negro, dia 33 – Tirgu Mures

1 de Junho [peço desculpa à audiência mas este foi um dia sem fotografias] O despertador foi afinado para tocar a uma hora indecente. Às seis da manhã levanto-me. O resto do povo dorme, e mexo-me em silêncio, vestindo-me apressadamente, ...

Ler mais... »

Do Báltico ao Mar Negro, dia 32 – Iasi

31 de Maio Iasi não é exactamente um manancial de locais interessantes, apesar de ser a segunda ou a terceira maior cidade do país. Vai daí, já não tenho muito que fazer, não sei bem como preencher este segundo dia ...

Ler mais... »

Do Báltico ao Mar Negro, dia 31 – Iasi

30 de Maio Vai ser um longo dia. Tomo o pequeno-almoço com a minha anfitriã, sentadinhos no sofá, mesa improvisada sobre a almofada do meio, com um lenço a fazer de toalha. Do temporal anunciado para Iasi, nem sinal. Finalmente ...

Ler mais... »

Do Báltico ao Mar Negro, dia 29 – Tiraspol

28 de Maio Para hoje estava guardado um bocado que não consideraria arriscar tomar ainda há um ano atrás. Quando em 1992 a Transdniestria se envolveu num sangrento conflicto de secessão com a ex-república soviética da Moldávia, agora um jovem ...

Ler mais... »

Do Báltico ao Mar Negro, dia 28 – Chisinau

27 de Maio Acordo bem, depois de uma noite de sono relativamente tranquilo, feita imperfeita apenas pelo ruido da estrada contígua e por algum frio. Deixo-me estar mais um pouco e volto a cair no sono. À segunda é de ...

Ler mais... »

Do Báltico ao Mar Negro, dia 26 – Odessa

25 de Maio De manhã o Edward veio comigo comprar o bilhete de autocarro para o dia seguinte. Foi interessante circular pela cidade no eléctrico, uma travessia de cerca de 5 km que levou uma hora. Sim, a velocidade média ...

Ler mais... »

Do Báltico ao Mar Negro, dia 24 – Odessa

23 de Maio Acordar num comboio pela manhã é uma nova experiência. Dormi tão bem que terei sido talvez o último passageiro a despertar, com a composição já relativamente perto do destino: Odessa. Foi o tempo certo para enrolar o ...

Ler mais... »

Do Báltico ao Mar Negro, dia 23 – Sevastopol

22 de Maio Inesperadamente, o meu último dia em Sevastopol. Deveria apanhar amanhã um comboio para Odessa, mas sucede que esta composição só segue nos dias impares. Paradoxalmente até ao último momento é incertos se a estadia nesta cidade naval ...

Ler mais... »

Do Báltico ao Mar Negro, dia 20 – Kiev

19 de Maio Acordo com o despertador mas não estou nada convencido. Tenho cansaço acumulado desde sei lá quando. Sono e fadiga muscular. O Miroslav tinha-me dito que às 9:30 tinhamos que sair. São 9:15 e não ouço nenhum som. ...

Ler mais... »

Do Báltico ao Mar Negro, dia 19 – Kiev

18 de Maio Este foi um dia de viragem, marcou o início da melhoria da minha relação com Kiev, que já na véspera se fazia adivinhar. Pela manhã deixei-me estar no hostel, tentando resolver algumas questões pendentes, sendo que a ...

Ler mais... »

Do Báltico ao Mar Negro, dia 18 – Kiev

17 de Maio Ainda estou desesperado para sair de Kiev. A opção de Kharkov é colocada de lado. É algo dispendiosa, e se é para lidar com os caminhos de ferro, prefiro algo que me leve de vez para longe. ...

Ler mais... »

Do Báltico ao Mar Negro, dia 16 – Lviv

15 de Maio Mais um dia que nasce cinzento, com a ameaça de chuva sempre presente. Comecei por visitar um palácio, antes privado, e agora museu. Em 1919, nas comemorações da vitória da Polónia sobre forças ucranianas, um pequeno avião ...

Ler mais... »

Do Báltico ao Mar Negro, dia 15 – Lviv

14 de Maio Este foi um dia de descobertas casuais. Lviv é imensamente interessante mas não é uma grande cidade. E com isto, num dia apenas ficam vistas as principais atracções turísticas e o centro. Mas a sua virtude é ...

Ler mais... »

Do Báltico ao Mar Negro, dia 14 – Lviv

13 de Maio Despertei com a alegria própria de quem adormeceu numa nova terra cheia de promessas. Satsifeito por abrir os olhos e por estar ali.  Dormi as horas certas. Tenho o corpo ligeiramente dorido pela noite passada num colchão ...

Ler mais... »

Do Báltico ao Mar Negro, dia 12 – Przemysl

11 de Maio Acordamos relativamente cedo, em boa sincronia. Directamente para os computadores, e um bocado de serenidade matinal. Sem pressas, vamos falando em sair. Parte do plano para Pzemysl envolvia uma expedição a um dos fortes abandonados, que no ...

Ler mais... »

Do Báltico ao Mar Negro, dia 7 – Kaunas

6 de Maio Assim sem mais, para começar a escrita, aquilo que me vai na alma: só quem não esteve já uma semana inteirinha sem um duche pode compreender a sensação da quebra deste jejum. Mesmo quando se lava a ...

Ler mais... »

Do Báltico ao Mar Negro, dia 6 – Kaunas

5 de Maio Este era aquele dia em que podiamos ter ido dar uma volta pelo país. Desde o primeiro momento, quando o plano para esta viagem se iniciou, que senti um problema de base: a maioria das coisas que ...

Ler mais... »

Do Báltico ao Mar Negro, dia 5 – Kaunas

4 de Maio   Este é daqueles dias em que há muita fotografia mas pouca coisa a dizer. A maior parte do tempo foi passada no parque etnográfico (nome oficial: Lietuvos Liaudies Buities Muziejus), sem dúvida um dos grandes objectivos ...

Ler mais... »

Do Báltico ao Mar Negro, dia 2 – Vilnius

1 de Maio Dia feriado. Mesmo antes de iniciar a viagem já lamentava estar na Lituânia neste Dia dos Trabalhadores, tão cheio de tradição noutros países desta região, mas quase ignorado pelos lituanos, desejosos de quebrar os elos do passado ...

Ler mais... »