Home / Coisas das Viagens / Como uma Maçã pode custar 500 Dólares

Como uma Maçã pode custar 500 Dólares

Esta situação passou-me pelos olhos e quis partilhar com os leitores do Cruzamundos. É um duplo aviso. Por um lado sobre a necessidade de respeitar a regulamentação aeroportuária, por outro lado sobre o radicalismo das autoridades norte-americanas.

Crystal Ladlock regressava de uma viagem a Paris com a Delta Airlines. A meio do voo o pessoal de cabine distribuiu maçãs, embaladas num saco de plástico com o logo da companhia, como um snack para os passageiros.

Crystal decidiu guardar a sua maçã para comer no seu voo final, doméstico. Mas ao passar pelo controle de bagagem o pessoal da U.S. Customs and Border Protection seleccionou a sua mala para uma inspecção aleatória de rotina.

Quando o agente encontrou a maçã, disse logo à passageira que a iria multar em 500 Dólares por tentar introduzir no país um produto agrícola não declarado, apesar de este estar selado, ser uma simples maçã e original de uma empresa norte-americana.

Portanto, se visitar os EUA, pense duas vezes no que leva na mala e não espere bom-senso por parte do pessoal da U.S. Customs and Border Protection. Claro que isto pode acontecer noutros países, por isso pense duas vezes antes de tentar a sua sorte.

Se quiser ler uma notícia em inglês com mais detalhes poderá fazê-lo na Fox News.

About Ricardo Ribeiro

Comecei a cruzar o mundo já tarde, mas num espaço de tempo relativamente curto senti recuperado o atraso. Foram cerca de cinquenta países e muitas experiências, em apenas nove anos, quase todas narradas no blog Papaléguas. Mas esses escritos são apenas um diário de viagens. Senti que tinha mais a contar, que podia ensinar algo. E decidi iniciar um segundo blog. Se o primeiro pode ser definido como “de viagens”, este é “sobre viagens”.

Veja também...

Terá a Ryanair finalmente ido longe de mais?

De repente, nem sabia quantos voos com a Ryanair levava no meu currículo de viajante. ...

Aeroporto de Londres Stansted adopta novas políticas vergonhosas

Vergonhosas políticas da administração do aeroporto de Stansted impedem viajantes de dormir nos terminais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *