Home / Viagens / Dinamarca / Copenhaga, 4 de Maio de 2010

Copenhaga, 4 de Maio de 2010

 

E chegou ao fim esta estadia na região de Copenhaga. Passou num instante. O que era suposto ser um pequeno retiro, apenas para ficar na consciência que este canto da Europa não ficou esquecido no itinerário de viagens, tornou-se numa experiência memorável, repleta de momentos de elevado valor. Como tantas vezes sucede, quando as expectativas são baixas, a noção da qualidade das vivências é alta. Ainda hoje penso com saudade nestes dias dinamarqueses, e revisitar a Aase e alguns destes locais está na lista  de coisas a fazer, uma honra que não é vulgar, num mundo onde se tornou tão fácil viajar e que é tão amplo.

 

 

Quanto a este 4 de Maio, foi um dia em grande, mas pelo que sucedeu, não há muito a escrever. Tinha reservado estas últimas vinte e quatro horas para uma caminhada de média distância. O local escolhido foi um bosque nos arredores de Hilerod, e por lá palmilhei uns 30 km. Foi uma jornada enriquecedora, que se iniciou com um tempo agradável, com muito céu azul, que entretanto se foi carregando até começar a chover, felizmente já só para o final da aventura.

 

Para trás ficaram terrenos pantanosos, densos bosques, bucólicos prados, encantadores lagos. Tudo espontâneo, tudo fruto da generosidade da admirável mãe-natureza. Pelo caminho cruzei-me de forma pontual com outros caminhantes. Não em demasia, de forma a manter a magia do momento e os silêncios prolongados. Mas o suficiente para saber que há ainda pessoas que valorizam estes espaços e amam o contacto com a natureza.

Regressei à estação de comboios de Hilerod já a noite tinha caído. Vinha cansado mas feliz. É bom viver assim. E no dia seguinte, pela manhã, fiz a viagem para o aeroporto, onde o avião Wizzair me aguardava para me devolver à minha Praga de então. De novo, uma curta viagem de menos de uma hora.

 

About Ricardo Ribeiro

Comecei a cruzar o mundo já tarde, mas num espaço de tempo relativamente curto senti recuperado o atraso. Foram cerca de cinquenta países e muitas experiências, em apenas nove anos, quase todas narradas no blog Papaléguas. Mas esses escritos são apenas um diário de viagens. Senti que tinha mais a contar, que podia ensinar algo. E decidi iniciar um segundo blog. Se o primeiro pode ser definido como “de viagens”, este é “sobre viagens”.

Veja também...

Kolding e Billund, Dinamarca, 27-30 Março 2011

Esta viagem nasceu do impulso Ryanair. Porque não passar um fim-de-semana fora, aproveitando um vôo ...

Copenhaga, 3 de Maio de 2010

  Hoje o dia foi bastante social. Saímos de manhã com a Mishka, a moça ...

4 comentários

  1. Obrigado pela partilha e parabéns pelos excelentes posts. Fizeste mal em não andar nos barcos do tour turistico, aquilo é baratissimo e é um belissimo passeio.

  2. “Baratíssimo” é como quem diz. Essa palavra não passa na alfândega quando se entra na Dinamarca. “Baratissimo” é um exclusivo de locais como a Arménia ou a Síria. Em Copenhaga seria para ai 20% do meu orçamento para toda a estadia 🙂 E de qualquer modo, o tempo também não era muito.

  3. Gostamos de percorrer através dos teus relatos e fotos a cidade que nos acolheu no ultimo ano e meio. Bom trabalho!
    Abraço e Boas Festas!

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *