Home / Fotografias com História / Fotos com História: O Exército Ucraniano

Fotos com História: O Exército Ucraniano

Que belo exército este, o ucraniano!(click na foto para ver em tamanho maior)
Que belo exército este, o ucraniano!
(click na foto para ver em tamanho maior)

Lviv, Ucrânia. Errando pela cidade perco-me de êxtase num parque urbano sem fim, com árvores que tocavam o céu, montes misteriosos, corredores a tocar o infinito. Quando finalmente emirjo para a rua, encontro logo à frente um inesperado monumento soviético. Majestoso, imaculado, bem mantido, com uma série de coroas de flores acabadas de depôr. Louco de excitação fotografo-o de todos os ângulos. Mas a foto que hoje vos trago não é de uma memória do passado que muitos mantêm coomo se de presente se tratasse.

Andava nestes volteios em redor daquela fonte de inspiração quando detecto, do outro lado da rua, um quartel. Ainda pensei umas quantas vezes se havia de arriscar apontar a câmara para o Mig-21 e para os blindados que estavam na sua periferia, à laia de pequeno museu ao ar livre, mas pesados os riscos conclui que seria brincar com a sorte. Neste momento apresto-me para devolver toda a atenção ao memorial socialista, quando os meus olhos detectam outro motivo de interesse. De um autocarro militar saem jovens uniformizados. São muito novos, talvez recrutas. Aparentemente foram transportados de um outro local e agora vão à sua vida, dispensados, para já, das obrigações militares. À medida que descem para a rua vão dispersando. Um par deles passa por mim, em amena cavaqueira, e interna-se no jardim que desce a colina.

É então que as vejo: raparigas de camuflado, com ares de modelos, ancas meneantes, descem a avenida, com algum espaçamento entre si. O que me chama a atenção não é apenas a sensualidade daquele inesperado grupo. É a côr dos seus cabelos, perdidos numa variedade total. Há os cabelos escuros, castanhos e negros. E as louras, em diversas tonalidades. Nem uma ruiva falta à parada. E descem, caminham, afastam-se. Penso de novo duas vezes, porque certamente na Ucrânia, como em muitos países, será proibido fotografar soldados. Decido-me pelo click mas, de certa forma, é tarde de mais.

Esta fotografia correu mal em quase tudo o que podia correr mal. Aquela hesitação custou-me o timing certo. Quando a pensei apenas elas apareciam no enquadramento, mas uns segundos mais tarde já havia outras pessoas, a subir e descer a avenida, que afectavam o impacto da imagem. Depois, a primeira saiu tremida. Apenas a segunda ficou satisfatória, e mesmo assim discretamente tremida, também ela.

E pronto. Que belo exército este, o ucraniano!

About Ricardo Ribeiro

Comecei a cruzar o mundo já tarde, mas num espaço de tempo relativamente curto senti recuperado o atraso. Foram cerca de cinquenta países e muitas experiências, em apenas nove anos, quase todas narradas no blog Papaléguas. Mas esses escritos são apenas um diário de viagens. Senti que tinha mais a contar, que podia ensinar algo. E decidi iniciar um segundo blog. Se o primeiro pode ser definido como “de viagens”, este é “sobre viagens”.

Veja também...

Fotos com História: Táxis de Havana

Nesta fotografia, um instantâneo de uma viagem em táxi colectivo pelas ruas de Havana.

Fotos com História: O Puto Reguila

A cena passa-se em Cabo Verde, mais especificamente na Cidade Velha, primeira urbanização portuguesa nas ...

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *