Home / Viagens / Índia / Índia 2019 – Dia 00

Índia 2019 – Dia 00

A viagem à Índia, aliás, a sua preparação, não teve grande história. Simplesmente surgiu a oportunidade e eu, que nunca tinha fantasiado visitar este enorme país, aproveitei. É verdade que Goa estava nos meus planos há muito tempo, no âmbito maior de conhecer todos os locais do mundo onde exista uma portugalidade evidente. E assim foi, que me vi orgulhoso proprietário de uma passagem para Deli, logo desde Lisboa, pela bela quantia de 393 Euros, ida e volta. Escala em Londres, com os voos intra-europeus operados pela British Airways e as viagens intercontinentais a serem feitas com a Virgin Atlantic, que tanto me tinha impressionado positivamente quando há quatro anos visitei Cuba mas que agora… nem por isso.

O visto tirei online. Há duas opções: online ou na embaixada, e são diferentes, ambos com vantagens e desvantagens. Para mim servia o e-visto, mais simples e económico, com menos possibilidades mas totalmente suficiente para mim. Super simples.

A data não poderia ser melhor: praticamente todo o mês de Janeiro, a época do ano em que a Índia se torna mais agradável. E assim foi.

Eu sei que muita gente diz que no que toca à Índia não existem meio termos. Ou se ama ou se odeia. Bem, não comigo. Gostei de visitar a Índia, e assim, de certa forma, começo pelo fim esta série de artigos sobre os meus (mais ou menos) trinta dias no país. Apenas, gostei. Não amei. Não foi a minha viagem favorita, apesar de a parte de Goa andar lá próximo. E certamente não detestei.

Simplesmente a Índia funcionou para mim de forma equilibrada. Não teve picos. Correu tudo razoavelmente bem, nada foi especialmente fascinante. É verdade que cumpri com a gripe da ordem. Três dias de cama. Nada de mais. Não apanhei nenhuma das ditas inevitáveis gastroenterites, nada nesse capítulo. Passei os meus trinta dias a comer o que me apeteceu, acho que lavei as mãos um par de vezes fora da meia dúzia de duches que tomei. E cá estou para contar a história, que é precisamente o que vou fazer nas próximas semanas de publicações aqui no Cruzamundos. Espero que gostem, que possa contribuir com alguma coisa para vocês.

 

About Ricardo Ribeiro

Comecei a cruzar o mundo já tarde, mas num espaço de tempo relativamente curto senti recuperado o atraso. Foram cerca de cinquenta países e muitas experiências, em apenas nove anos, quase todas narradas no blog Papaléguas. Mas esses escritos são apenas um diário de viagens. Senti que tinha mais a contar, que podia ensinar algo. E decidi iniciar um segundo blog. Se o primeiro pode ser definido como “de viagens”, este é “sobre viagens”.

Veja também...

Coreia do Norte e China. Dias 11 e 12. Pequim, Paris. Outubro de 2019

Dois dias de trânsito, de Pequim para Paris, de Paris para Faro, passando uma noite no avião e a outra em casa do meu amigo parisiense.

Coreia do Norte e China. Dia 10. Pequim. Outubro de 2019

Um dia bem preenchido, logo pela manhã a visita à Praça Tianamen e zonas monumentais envolventes. Passeio pelo parque Zhongshan e interessantes hutongs da área.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *