Home / Oportunidades / Oportunidades: Brasil, 347 Euros

Oportunidades: Brasil, 347 Euros

Ora trago-vos aqui mais um estranho caso destas coisas da aviação comercial: se der um saltinho à Itália para voar para o Brasil com a TAP, com a devida escala em Lisboa, pode-o fazer por 347 Euros. Senão, não. No regresso, se não tiver bagagem de porão pode-se evadir logo por cá, mas se levar bagagens maiores terá mesmo que regressar à Itália para depois terminar com um último voo para Portugal.

Esta promoção abrange diversas datas entre Fevereiro e Março de 2018, sendo que a combinação mais económica, a tal dos 347 Euros é um Milão – Salvador – Milão, entre o 11 e o 21 de Março. De Roma pode voar para Natal por 353 Euros, com viagens a 23/2 – 5/3, 2/3 – 12/3, 9/3 – 18/3 e 15/3 – 25/3. Há também voos para Fortaleza desde Roma por um pouco mais e entre os dias 9 e 19 de Março.

Para reservar alojamento num destes destinos poderá usar o Booking.com.  Nota: ao marcar alojamento no Booking.com através desta ligação, estará a ajudar o Cruzamundos. Agradeço.

 

About Ricardo Ribeiro

Comecei a cruzar o mundo já tarde, mas num espaço de tempo relativamente curto senti recuperado o atraso. Foram cerca de cinquenta países e muitas experiências, em apenas nove anos, quase todas narradas no blog Papaléguas. Mas esses escritos são apenas um diário de viagens. Senti que tinha mais a contar, que podia ensinar algo. E decidi iniciar um segundo blog. Se o primeiro pode ser definido como “de viagens”, este é “sobre viagens”.

Veja também...

Oportunidades: Boston, de Lisboa, desde 273 Euros

Oportunidade oferecida pela TAP e United Airlines, com saída de Lisboa e chegada a Boston, ...

Oportunidades: Luxemburgo, de Lisboa, 37 Euros

A Ryanair está com bons preços para o Luxemburgo, com partidas deste Lisboa. Fica a ...

2 comentários

  1. Na volta é sempre possível pedir para fazer o check-in das malas só até lisboa. Faço isso muitas vezes na vinda sendo que compro o voo para madrid ou vigo bem mais barato que direto para lisboa.

    • Gonçalo, pode dar mais detalhes sobre como fazer isso? Porque o que sempre aprendi é que as companhias aéreas não vão nisso, mas na realidade nunca passei pela experiência 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *