Home / Oportunidades / Oportunidades: Ilhas Comoros, de Londres, 365 Libras

Oportunidades: Ilhas Comoros, de Londres, 365 Libras

Ora aqui está uma situação pouco comum. As Ilhas Comoros são um dos paraísos perdidos do Planeta, de acesso habitualmente dispendioso. Pode agora viajar até este destino por um preço muito agradável. As partidas são de Londres Heathrow, existindo uma escala em Amesterdão e em Nairobi na ida, e apenas em Nairobi no regresso. Apesar das escalas o total de horas da viagem não é exagerado, cerca de quinze.

São voos operados pela KLM e a Kenya Airways. Existem diversas datas a valores promocionais, entre Fevereiro e Maio de 2020. Vejamos alguns exemplos:

10-20 Fevereiro
4-14 Março
13-23 Abril
29 Abril – 7 Maio
8-14 Maio

Note que nestas situações de oportunidades as coisas são muito dinâmicas e é comum que as condições apresentadas mudem rapidamente ou desapareçam. isto deve-se a várias razões. Por vezes os preços muito baixos devem-se a erros humanos e são alterados rapidamente. Outras vezes são promoções que expiram ou simplesmente os lugares disponíveis a valores económicos esgotam-se.

Para reservar alojamento num destes destinos poderá usar o Booking.com.  Nota: ao marcar alojamento no Booking.com através desta ligação, estará a ajudar o Cruzamundos. Agradeço.

About Ricardo Ribeiro

Comecei a cruzar o mundo já tarde, mas num espaço de tempo relativamente curto senti recuperado o atraso. Foram cerca de cinquenta países e muitas experiências, em apenas nove anos, quase todas narradas no blog Papaléguas. Mas esses escritos são apenas um diário de viagens. Senti que tinha mais a contar, que podia ensinar algo. E decidi iniciar um segundo blog. Se o primeiro pode ser definido como “de viagens”, este é “sobre viagens”.

Veja também...

Oportunidades: Xangai, de Lisboa, 335 Euros

Uma boa oportunidade para aqueles que preferem claramente comprar bilhetes integrados com partida de Portugal. ...

Oportunidades: Nova Zelândia, de Londres, desde 465 Libras

Boa oportunidade para viajar até à distante Nova Zelândia. Tratam-se de voos operados pela China ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *