Home / Oportunidades / Oportunidades: Ucrânia, de Lisboa, 120 Euros

Oportunidades: Ucrânia, de Lisboa, 120 Euros

Olha, nem tinha reparado. Ou se tinha esqueci-me. E não é que a Wizzair está a fazer a rota directa entre Lisboa e Kiev?  Vi agora que pelo menos para Fevereiro é possível visitar a capital ucraniana por 120 Euros, ida e volta. E isto sem o WIzz Discount Club!

É um belo preço, mesmo apesar de Fevereiro não ser a melhor altura do ano para visitar aquela parte da Europa. Claro que de Kiev pode partir à descoberta da Ucrânia, por exemplo, da bela Lviv, talvez a minha cidade europeia favorita a seguir a Praga, claro, mas essa não conta, é a minha segunda cidade natal, por assim dizer.

Veja aqui no Skyscanner o calendário para Fevereiro e estude as hipóteses para outros meses, se for caso disso.

Note que nestas situações de oportunidades as coisas são muito dinâmicas e é comum que as condições apresentadas mudem rapidamente ou desapareçam. isto deve-se a várias razões. Por vezes os preços muito baixos devem-se a erros humanos e são alterados rapidamente. Outras vezes são promoções que expiram ou simplesmente os lugares disponíveis a valores económicos esgotam-se.

Para reservar alojamento num destes destinos poderá usar o Booking.com.  Nota: ao marcar alojamento no Booking.com através desta ligação, estará a ajudar o Cruzamundos. Agradeço.

About Ricardo Ribeiro

Comecei a cruzar o mundo já tarde, mas num espaço de tempo relativamente curto senti recuperado o atraso. Foram cerca de cinquenta países e muitas experiências, em apenas nove anos, quase todas narradas no blog Papaléguas. Mas esses escritos são apenas um diário de viagens. Senti que tinha mais a contar, que podia ensinar algo. E decidi iniciar um segundo blog. Se o primeiro pode ser definido como “de viagens”, este é “sobre viagens”.

Veja também...

Oportunidades: Hong Kong, de Copenhaga, 290 Euros

Não sei se estará relacionado com a situação tensa que se vive em Hong Kong ...

Oportunidades: Vanuatu, de Londres, 695 Libras

Alguém pronto para ir a um cantinho do mundo onde o turismo não chegou e ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *