Home / Bits & Viagens / Bits & Viagens: Flight Memory

Bits & Viagens: Flight Memory

bits-flightmemory

Há algumas semanas já tinha falado do MTP – Most Traveled People, um website desenhado para agradar aos maluquinhos das estatísticas, de viagens, já se vê. Hoje, aproveitando o balanço, trago-vos o Flight Memory, também ele sobre estatísticas de viagens, desta feita numa área bem específicas: os voos que cada um tem feito ao longo da sua vida de viajante.

Não importa se o site é feio para valer e usa técnicas de design do século passado – diz que foi criado em 2007 mas já então estava graficamente obsoleto. A verdade é que tem um interesse evidente para uma certa franja de mercado. Eu próprio sempre gostei de poder ter um registo organizado dos voos que faço, especialmente no que toca a companhias aéreas, e para isso, com o tempo, acabei por criar uma folha de cálculo Excel. Mas se conhecesse o Flight Memory esse trabalho teria sido desnecessário.

Criar uma conta e usar as funções normais do website é gratuito.  O financiamente vem da loja online existente e do uso de contas premium que, suspeito, ninguém subscreve porque o valor não é realista (cerca de USD 5 por mês).

Inserir os dados têm uma complexidade opcional, porque pode-se ser mesmo muito detalhado. Para cada aspecto do voo é possível inserir uma classificação e uma razão para a fundamentar. Por exemplo, quanto ao aeroporto de partida, vamos classificá-lo de 1 a 5, e depois, de entre uma lista pré-definida pelo site, escolher a principal razão do rating atribuido. O detalhe vai ao ponto de incluir a marca e modelo da aeronave, a sua matrícula e nome  e o número do lugar.

Apesar do design gráfico deste website ser antiquado, o mecanismo tem uma série de detalhes que revelam um cuidado notável na preparação do sistema. Por exemplo, escolher a companhia aérea de um voo pode ser feita pela lista pré-definida do website mas também se pode inserir manualmente uma que não esteja lá contemplada e ainda selecionar de entre as nossas últimas. Outro caso: as horas podem ser inseridas como 9 AM e 9 PM, mas se escrever 9 e 21 o sistema aceita e converte para o formato necessário.

Uma vez adicionados todos os nossos voos à base de dados, é tempo de observar a tabela estatística que inclui uma série de dados interessantes. Basicamente, estarão lá reflectidos os elementos introduzidos… totais quilométricos percorridos, companhias mais usadas, classificações médias, mapas com os nossos voos representados. Etc.

E pronto. Espero que goste. No que me toca, tendo descoberto este website através de um amigo, tenho agora pela frente um longo trabalho… inserir mais de uma centena de voos… já comecei.

About Ricardo Ribeiro

Comecei a cruzar o mundo já tarde, mas num espaço de tempo relativamente curto senti recuperado o atraso. Foram cerca de cinquenta países e muitas experiências, em apenas nove anos, quase todas narradas no blog Papaléguas. Mas esses escritos são apenas um diário de viagens. Senti que tinha mais a contar, que podia ensinar algo. E decidi iniciar um segundo blog. Se o primeiro pode ser definido como “de viagens”, este é “sobre viagens”.

Veja também...

CDC: a consulta de viajante online?

Um completo website norte-americano que poderá, em alguns casos, poupar uma ida à consulta do viajante. Afinal é aqui que é editado o Yellow Book, a fonte de informação dos clínicos de viagem por quase todo o mundo.

Googlemaps a funcionar Offline

A Google anunciou que a nova versão do seu popular software de mapas para Android ...

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *