Home / Dicas Prácticas / Companhias aéreas e as promoções da treta

Companhias aéreas e as promoções da treta

pegasus

Hoje recebi um e-mail de uma companhia chamada Pegasus Airlines. É turca, e, se tudo correr bem, levar-me-á de Roma para Istanbul em Outubro. E de Istanbul para Beirute e vice-versa; e também a Chipre e de volta à Turquia. Para não falar de uns quantos vôos domésticos naquele país. É portanto uma companhia com a qual tenho já uma relação e cujos niveis de intimidade crescerão certamente a médio prazo. Não me incomodou portanto especialmente que me enviassem esta mensagem com informação sobre a sua mais recente promoção. Mas o que me fez chegar a mostarda ao nariz foi o que li na página para onde nos remete o e-mail.

Ali pode ver-se uma tabela com quase 40 destinos ligados a Instanbul e os valores de que poderá o leitor usufruir nesta promoção. Quer dizer, os valores mínimos, se conseguir acertar na combinação de datas certa. E se, segundo a companhia, comprar até 19 deMaio. Ah! Mas apenas válida para viagens marcadas entre 1 de Agosto e 31 de Outubro.

Agora, deixem-me que vos traduza para linguagem práctica o que está ali escrito. Primeiro, uma mensagem de exclusividade. A promoção não é para todos! Só para os que se chegarem à frente com certa rapidez e adquirirem os seus bilhetes nos cinco dias seguintes e viajarem no período pré-determinado pelo promotor. Uma vez que foi despertada esta sensação de urgência no potencial cliente, apresentam-se os preços, transvestidos de promocionais quando na realidade, por assim dizer, não o são.

Sinceramente não me dei ao trabalho de conferir as datas para que os valores anunciados se aplicariam. Vou assumir – para ser optimista – que até existe um leque razoável de datas cobertas pelos preços “promocionais”. Mas há um “ligeiro” problema em tudo isto: os preços são completamente banais para o que é costume com a Pegasus Airlines.

Vejamos. Roma – Istanbul e Istanbul – Roma. 69,99 Eur para cada lado. Total para a viagem: 139,98 Eur. Sucede que tendo comprado estes mesmos bilhetes há cerca de um mês, paguei 143 Eur por eles. Ou seja, basicamente a mesma coisa. Poderia acrescentar que, tendo estudado várias opções, fiquei suficientemente familiarizado com os preços da Pegasus Airlines para suspeitar que o mesmo sucede com todos os quase 40 destinos sugeridos. Portanto, estamos perante aquilo que chamarei uma “promoção fantasma”.

Note bem o leitor: não tenho nada de pessoal contra a Pegasus, até porque, como veremos seguidamente, está apenas a seguir uma política que se tornou banal. Mas de facto não gosto que me atirem poeira para os olhos.

O ano passado, uns dias depois de ter andado a namorar uns vôos para a Islândia, a Easyjet lançou aquilo que seria uma espectacular promoção. Prometia descontos razoáveis – creio que de 20% – em TODOS os vôos. E eu já a pensar… “olha, agora é que é mesmo, compro já”. Mas o pensamento nunca se concretizou. E porquê? Isso mesmo. Mais uma promoção fantasma, talvez a mais descarada de que me lembro. Consultei os preços do Faro – Londres – Faro. Do Londres – Reiquiavique – Londres. Tudo precisamente aos mesmos preços. E sim, a promoção já estaria em vigor e as datas pretendidas estavam dentro do espectro das datas prometids.

A “falecida” companhia aérea húngara Malev, que, sendo a empresa oficial do país, tal como a nossa TAP, nem era uma low cost, tinha outro truque: anunciava espectaculares promoções avisando contudo que os lugares disponíveis eram limitados. Nunca saberei o quão limitados eram. Mas a verdade é que tentei várias vezes, em algumas ocasiões apenas uns minutos volvidos do início da campanha, mas quanto aos tais bilhetes a preços incrivelmente baixos, nem cheirá-los.

Ryanair

Quanto à grande Ryanair – a maior companhia aérea europeia, com mais de 300 aeronaves – segue uma outra linha de promoção fantasma. O que eles fazem é anunciar os melhores períodos para comprar os bilhetes como campanhas promocionais. De certa forma podemos chamar-lhes assim, mas a verdade é que nesse caso a promoção é constante. De cerca de 6 a 3 semanas antes de um vôo é a melhor altura para comprar bilhetes na Ryanair. Sempre. E portanto, dia sim dia não (força de expressão), é anunciada uma campanha de promoção.

Por tudo isto, julgo que deveria ser responsabilidade dos “media” proceder  uma certa investigação antes de transmitir a existências destas presumiveis promoções. Não o fazer é pactuar com estas políticas menos limpas de divulgação, é oferecer publicidade gratuita (?) a quem não a merece. E infelizmente é isso que sucede.

About Ricardo Ribeiro

Comecei a cruzar o mundo já tarde, mas num espaço de tempo relativamente curto senti recuperado o atraso. Foram cerca de cinquenta países e muitas experiências, em apenas nove anos, quase todas narradas no blog Papaléguas. Mas esses escritos são apenas um diário de viagens. Senti que tinha mais a contar, que podia ensinar algo. E decidi iniciar um segundo blog. Se o primeiro pode ser definido como “de viagens”, este é “sobre viagens”.

Veja também...

Dicas para passar o tempo em viagens longas de autocarro

Com cada vez mais e melhores meios de transporte, muita gente pode pensar que alguns ...

O Virus Zika

Sente necessidade de descobrir tudo sobre o vírus Zika? Vou tentar ajudar. Sintomas, contágio, riscos, medicamentação.

4 comentários

  1. Reparei que a tua paixão por viagens é enorme que que já tens bastante experiência na marcação das mesmas, pareces estar sempre em cima do acontecimento. O motivo pela qual te estou a contactar é que tive a ler no teu blog sobre as promoções fantasmas das companhias aéreas, ora então a minha duvida surgiu quando falas das melhores alturas para comprar bilhetes.
    Estou a pensar viajar para a Escócia em Setembro e andei a ver voos, por norma nunca são directos (a menos que pensasse numa opção menos barata), existem voos do Porto – Stansted – Edimburgo e vice versa (ryanair) mas também existe a opção Faro – Edimburgo (ryanair) e Lisboa – Edimburgo (easyjet).
    Nós somos do Porto, e a única coisa que nos faz balançar no voo de cá é mesmo pelo tempo de espera no aeroporto de Stansted (13/15 horas no total) mas também porque os preços quer de Lisboa quer de Faro são iguais aos da saída do Porto não contando com as deslocações que teremos do Porto para Faro/Lisboa.

    Este testamento todo porquê? Para te pedir uma opinião sobre o que achas mais vantajoso, quer a nível de compra de bilhetes, melhor opção de voo (Porto/Lisboa/Faro), companhia e se não for abuso conhecerás outra forma de conseguir uma viagem para la a um bom preço de outra forma.

    Obrigada e desculpa mais uma vez o incomodo.

    Melhores cumprimentos,

    Joana Baptista

    • Oi Joana… a primeira coisa que fazia se estivesse na tua posição, seria usar a app (ou o website) Skyscanner (se não conheces, foi aqui publicado um artigo, salvo erro, há duas semanas) para ver as possibilidades. Porque este tipo de reservas é como jogar xadrez… as combinações são por vezes tantas que é melhor usar alguma ajuda externa.

      Infelizmente aqui onde estou (estou a passar um mês em Praga) só tenho Internet por cabo e não posso usar o meu tablet, senão fazia-te já as simulações devidas para as possibilidades que referiste.

      Uma ideia: e porque não fazer do incoveniente, conveniente, e tirar dois dias para Londres (fazendo uso da escala em Stansted)? Já passei por essa situação, que na altura acabou por não se concretizar, mas recordo-me de ter descoberto um hostel bastante em conta perto do ponto de chegada do transporte de Stansted e do centro de Londres. Isto é, se vocês forem pessoas de hosteis, porque se não, é melhor não pensar no assunto, considerando os preços da hotelaria regular em Londres.

      O tempo de espera é de facto longo. Assim de repente não sei quais são as horas, mas se for de noite, usava esse. Lê-se um bocado, conversa-se um bocado, dá-se uma volta pelas lojas. Dormita-se. E de repente já se pode ir andando para o checkin. Se for de dia, deixava essa hipótese para o fim e procurava a combinação de preços mais vantajosa (CP + Easyjet para Lisboa ou Ryanair + Ryanair para Faro).

      E não, não conheço outra forma. Quer dizer… em abstracto, sim… é veres ligações aéreas Ryanair para cidades do norte de Inglaterra, como Newcastle, porque os bifes têm um sistema de autocarros expresso muito completo e em conta e viaja-se bem entre cidades.

  2. Olá cruzamundos, gostava de saber qual a sua opinião sobre a pegasus airlines, uma vez que nunca voei com esta companhia e quero viajar até Istambul. Como os preços da pegasus são bastante acessíveis via madrid, gostava de saber algumas informações sobre a companhia e pormenores pormenores que podem ser importantes para a minha escolha. Obrigada

    • Olá Joana. O Cruzamundos manda cumprimentos desde Vientiane, Laos. Pois a Pegasus. Fiz, creio, seis voos com eles e guardei a melhor das impressões. Houve um que saiu mais de uma hora atrasado, mas muitas vezes isso tem a ver com aeroportos e não com as companhias. Eu defino a Pegasus como uma Ryanair – no sentido dos preços – mas com uma qualidade de serviço, do interior das aeronaves, no relacionamento com o cliente, MUITO melhor. Gostei bastante, recomendo (com a devida prudência) e fiquei fã. Os preços para voos domésticos então são um arraso. Atravessa-se a Turquia com tuta e meia. Detalhe: o video de procedimentos de segurança é um espectáculo (ver no Youtube, se quiser). Sugiro uma visita ao blog irmão – que é mais um diário das viagens, em http://papaleguas.wordpress.com. Deverá haver comentários sobre os aeroportos e voos Pegasus. P.S. – É muito simples e relativamente barato (c. 6 Eur) ir do aeroporto usado pela Pegasus para o centro de Istanbul.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *