Li Galli: a ilha golfinho

0
13

Há ilhas assim, com formas espantosas. Esta fica no Mediterrâneo, na costa Amalfitana, entre Capri e Positano. Uma vista aérea revela a sua inconfundível forma de golfinho.

Foi “descoberta” no início dos anos 20 do século XX pelo bailarino russo Leonide Massine, que se apaixonou pelo local e comprou a ilha.

No local existia uma torre de vigilância romana que ele recuperou e transformou numa área habitável. Quando este primeiro proprietário faleceu, em 1979, a ilha ficou votada ao abandono, até que, numa quase natural sucessão, outro bailarino russo, quiçá mais famoso, a adquiriu: Rudolf Nureyev.

ligalliisland

O seu plano era abrir uma escola de ballet ali, mas apenas cinco anos depois uma estúpida doença arrancou-lhe a vida.

Finalmente, em 1996, um famoso hoteleiro investiu na ilha, transformando-a numa enorme propriedade para alugar. Durante os quinze anos seguintes investiu vinte e oito milhões de Euros na recuperação dos edifícios e em melhorias diversas.

A ilha, agora avaliada em 168 milhões de Euros, pode ser alugada pela módica quantia de 130 mil Euros por semana.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui