Índia 2019 – Dia 00

0
5

A viagem à Índia, aliás, a sua preparação, não teve grande história. Simplesmente surgiu a oportunidade e eu, que nunca tinha fantasiado visitar este enorme país, aproveitei. É verdade que Goa estava nos meus planos há muito tempo, no âmbito maior de conhecer todos os locais do mundo onde exista uma portugalidade evidente. E assim foi, que me vi orgulhoso proprietário de uma passagem para Deli, logo desde Lisboa, pela bela quantia de 393 Euros, ida e volta. Escala em Londres, com os voos intra-europeus operados pela British Airways e as viagens intercontinentais a serem feitas com a Virgin Atlantic, que tanto me tinha impressionado positivamente quando há quatro anos visitei Cuba mas que agora… nem por isso.

O visto tirei online. Há duas opções: online ou na embaixada, e são diferentes, ambos com vantagens e desvantagens. Para mim servia o e-visto, mais simples e económico, com menos possibilidades mas totalmente suficiente para mim. Super simples.

A data não poderia ser melhor: praticamente todo o mês de Janeiro, a época do ano em que a Índia se torna mais agradável. E assim foi.

Eu sei que muita gente diz que no que toca à Índia não existem meio termos. Ou se ama ou se odeia. Bem, não comigo. Gostei de visitar a Índia, e assim, de certa forma, começo pelo fim esta série de artigos sobre os meus (mais ou menos) trinta dias no país. Apenas, gostei. Não amei. Não foi a minha viagem favorita, apesar de a parte de Goa andar lá próximo. E certamente não detestei.

Simplesmente a Índia funcionou para mim de forma equilibrada. Não teve picos. Correu tudo razoavelmente bem, nada foi especialmente fascinante. É verdade que cumpri com a gripe da ordem. Três dias de cama. Nada de mais. Não apanhei nenhuma das ditas inevitáveis gastroenterites, nada nesse capítulo. Passei os meus trinta dias a comer o que me apeteceu, acho que lavei as mãos um par de vezes fora da meia dúzia de duches que tomei. E cá estou para contar a história, que é precisamente o que vou fazer nas próximas semanas de publicações aqui no Cruzamundos. Espero que gostem, que possa contribuir com alguma coisa para vocês.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here