A Lituânia reabre aos visitantes estrangeiros

0
55

A Estónia, Letónia e Lituânia, formaram uma das primeiras bolhas de viagem da era COVID-19. Não será portanto de estranhar que se abram aos visitantes de outros países mais ou menos em simultâneo e segundo as mesmas regras.

Assim, depois da Estónia ter anunciado as suas condições para admitir visitantes estrangeiros, foi agora a vez da Lituânia o fazer.

As pessoas de 24 países europeus podem visitar a Lituânia sem qualquer impedimento ou período de quarentena. O critério para a formação desta lista, que é dinâmica, é o rácio de infecção nos diversos países. Deverá ser abaixo dos 15, ou seja, que nos últimos 14 dias menos de 15 pessoas em cada 100.000 tenha sido infectada.

Isto significa livre entrada para cidadãos da Áustria, Bulgária, Estónia, Holanda, Croácia, Islândia, Itália, Grécia, Chipre, Liechtenstein, Luxemburgo, Letónia, Noruega, Polónia, França, Roménia, Alemanha, Eslováquia, Eslovénia, Suíça, Finlândia, Dinamarca, República Checa e Hungria.

Irlandeses, malteses e espanhóis podem em teoria visitar a Lituânia, mas o período de 14 dias de quarentena torna uma visita na realidade inviável.

Não viu o nome de Portugal na lista? Isso é porque os bálticos não engolem a ideia de que Portugal é um caso exemplar no âmbito da crise do COVID-19. Com um rácio de infecção superior a 25, Portugal, assim como Suécia e Bélgica, estão na pequena lista de exclusão: cidadãos destes países estão proibidos de entrar na Lituânia para já. Note-se que as listas são revistas todas as Segundas-feiras.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here