Índia 2019 – Dia 08 – Jaipur

Não é todos os dias que tenho um tuk-tuk às minhas ordens, mas foi exactamente o que aconteceu neste segundo dia completo em Jaipur. Destaque para um templo desconhecido e para o templo dos macacos.

Índia 2019 – Dia 07 – Jaipur

Uma dia meio fraquito em Jaipur, cidade que decepcionou, caso quase único da viagem pela Índia. Mesmo assim, algumas experiências e fotos interessantes.

Índia 2019 – Dia 06 – Nawalgarh, Dundlod, Jaipur

Uma visita à aldeia de Dundold, nos arredores de Nawalgarh, para depois fazer a viagem de autocarro até Jaipur. Dia bem preenchido, com boas memórias.

Índia 2019 – Dia 05 – Nawalgarh

Um dia fantástico em Nawalgarh, dos melhores da minha vida de cruzamundos. A cidade é uma pérola escondida, um local virtualmente sem turismo e contudo com tanto para oferecer.

Índia 2019 – Dia 04 – Delhi

Mais um bom dia em Delhi, em parte usado para resolver problemas que se adivinham espinhosos e terminando com a saída da grande cidade, em comboio nocturno, rumo ao país mais profundo.

Índia 2019 – Dia 03 – Delhi

Segundo dia completo em Delhi, sempre bom, com uma passagem pela grande mesquita, pelo Forte Vermelho, pela Velha Deli e por Jantar Mantar. Tudo a correr bem, a consolidar o apreço por esta cidade.

Índia 2019 – Dia 02 – Delhi

Um dia bem preenchido na capital da Índia, uma cidade cheia de atractivos que me encheu as medidas e onde não me importava mesmo nada de viver durante uns tempos.

Índia 2019 – Dia 01 – Chegada a Delhi

Um dia desconfortável e de certa forma desagradável, marcado pelo frio e humidade. Houve contudo um grande momento, ao serão, em casa do anfitrião em Delhi.

Índia 2019 – Dia 00

A caminho da Índia, um país que nunca esteve nos meus planos de viagem, de forma inesperada, com Goa sob a mira. E logo para um mês, que se revelaria cheio de boas surpresas.

Ásia Central 2019 – Dia 16 – Khiva

Para efeitos práticos o último dia desta encurtada viagem. Algum céu azul em Khiva e o final, como se me tirassem um fardo de cima. Finalmente a caminho de casa.

Ásia Central 2019 – Dia 15 – Khiva

Um dia triste, cinzento, de viagem com muita chuva e contrariedades. Começado em Bukhara e terminado em Khiva com um pequeno drama no alojamento e bilhetes para o regresso comprados.

Ásia Central 2019 – Dia 14 – Bukhara

Em Bukhara a matar tempo, num dia sem grandes pontos altos. Algumas fotografias. Um pouco de sol de manhã e o resto... o omnipresente cinzento desta viagem.

Ásia Central 2019 – Dia 13 – Samarkand para Bukhara

De Samarkand para Bhukara. de comboio. Cidade muito turística que não deixou especiais saudades. Monumentos grandiosos e, para mim, nada mais. Um bom jantar a preço inflacionado.

Ásia Central 2019 – Dia 12 – Samarkand

Não foi um dia mau. Vi o que de melhor existe no Uzbequistão, uma série de exemplares de arquitectura religiosa e mausoléus. maravilhosos. Tempo tristonho, lá em cima, no céu.

Ásia Central 2019 – Dia 11 – Tashkent para Samarkand

Dia de chuva. Em trânsito de Tashkent para Samarkand. Viagem de comboio agradável, bom alojamento. E ver o monumental Registon, que valeria por toda a viagem.

Ásia Central 2019 – Dia 10 – Tashkent, Uzbequistão

Um dia triste, o primeiro de muitos que fizeram da viagem pelo Uzbequistão a pior que fiz até hoje. Tashkent. Desagradável e cinzenta. Esta é a memória.

Ásia Central 2019 – Dia 9 – Tashkent, Uzbequistão

Viagem do Azerbaijão para o Uzbequistão e grande final de tarde em Tashkent com couchsurfers locais e um indiano. Foi uma excelente primeira impressão do país.

Ásia Central 2019 – Dia 8 – Baku, Azerbaijão

Um dia a explorar Baku, bem preenchido, com muita coisa bonita a passar diante dos olhos e uma série de tarefas necessárias executadas com sucesso.

Ásia Central 2019 – Dia 7 – Sheki para Baku, Azerbaijão

Em trânsito, de Sheki para Baku, sem grandes coisas para contar. Boa pizza para o almoço. De volta ao meu hostel, de que tanto gosto. Um serão animado por lá.

Ásia Central 2019 – Dia 6 – Sheki, Azerbaijão

Um dia passado em Sheki, a única em Couchsurfing de toda esta viagem. Um dia calmo, para descomprimir, metendo uma memorável ida ao barbeiro e um serão a ver o Benfica jogar.

Ásia Central 2019 – Dia 5 – Sheki, Azerbaijão

Um dia agradável em Sheki, uma pequena cidade a norte de Baku, que me deu uma ideia diferente do país, mais provincial, a fazer-me lembrar a minha viagem ao Cáucaso em 2010.

Ásia Central 2019 – Dia 4 – Baku, Azerbaijão

Um dia muito bem passado a explorar a maravilhosa cidade de Baku, incluindo o moderno centro de artes, as Torres de Fogo e partes da cidade que são verdadeiramente antigas. Muitos momentos mágicos e grandes experiências.

Ásia Central 2019 – Dia 3 – Baku, Azerbaijão

Um primeiro dia na encantadora Baku, cidade que me encheu as medidas e onde não me importaria nada de viver uns tempos. Muito passeio, sol e imensos atractivos.

Ásia Central 2019 – Dia 2 – Budapeste

Um dia de estadia compulsiva em Budapeste, aguardando pelo voo do dia seguinte para Baku. Um pequeno passeio para esticar as pernas e o resto do tempo a relaxar e trabalhar no hostel.

Ásia Central 2019 – Dia 1 – Budapeste

A caminho da Ásia, uma paragem em Budapeste entre voos.

Etiópia. Dias 15 a 17. Harare – Dire Dawa – Adis...

Últimos dias na Etiópia, sempre a correr, a resolver problemas. Dois dias e meio sem uma história de viagem, naquele sentido habitual.

Etiópia. Dia 14. Harare e Babile.

De manhã, uma expedição à aldeia de Babile. À tarde, rever locais em Harare e visitar uma casa-museu. Depois, à noite, ver os encantadores de hienas fazer o seu trabalho.

Etiópia. Dia 13. Harare.

Primeiro a medo, depois mais confiante, a explorar a fascinante Harar, cidade maior da Etiópia islâmica, já muito próxima da fronteira com a Somália.

Etiópia. Dia 12. Adis Abeba a Harare.

Em trânsito numa longa e interessante viagem de comboio de Adis Abeba para Harare, no leste do país.

Etiópia. Dia 11. Adis Abeba.

Um dia positivo numa cidade que me agrada. Vistas a museus, regresso a locais do dia anterior, muito calcorrear e muito ver em Adis Abeba.

Etiópia. Dia 10. Adis Abeba.

Uma dia em grande explorando Adis Abeba, a capital da Etiópia, com grandes ambientes e visitas muito interessantes.

Etiópia. Dia 9. Gondar a Adis Abeba.

Em trânsito, com um dia relaxado em Gondar e uma viagem ao fim da tarde para Adis Abeba, com a chegada ao quarto de hotel já à noite.

Etiópia. Dia 8. Gondar.

No oitavo dia a cidade de Gondar foi percorrida, com a manhã a iniciar-se no complexo palaciano, a que se seguiram visitas a um outro palácio, a um museu instalado num antigo centro de detenção e tortura e a uma igreja.

Etiópia. Dia 7. De Bahr Dar a Gondar.

De viagem de Bahr Dar para Gondar, por estrada, a melhor refeição tomada na Etiópia e um pôr de sol apreciado na companhia de gente simpática.

Etiópia. Dia 6. Bahr Dar.

Segundo dia, não planeado, em Bahr Dar, no qual se deu um passeio no lago, se visitaram alguns mosteiros e se avistaram hipopótamos, terminando com um belo hamburger num local inesperado.

Etiópia. Dia 5. Bahr Dar.

Um dia bem passado em Bahr Dar, metendo um passeio junto ao lago Tana, conversas com personagens bizarras e uma visita ao memorial das vítimas do Derg.

França 2018 – Dia 7

O dia dedicado a explorar Bordéus, uma cidade com muito para ver mas que não conquistou o meu coração. Bem pelo contrário.

Etiópia. Dia 4. Blue Nile Falls.

Inesperadamente, mais um dia no Blue Nile Camping, que acabou por ser de muito relaxe e meteu um banho nas águas do rio e um pôr-de-sol na colina.

Etiópia. Dia 3. Blue Nile Falls.

Um dia bom nas Cataratas do Nilo, com uma manhã preenchida por uma caminhada até ao mercado semanal e o resto do tempo passado numa preguiça relativa.

Etiópia. Dia 2. Blue Nile Falls.

De Addis Abeba para um paraíso perdido na Terra, de carro, de avião e de autocarro. Blue Nile Falls. As quedas de água do Nilo Azul, um lar para três dias.

Etiópia. Dia 1. Addis Abeba.

Um primeiro dia aziago na Etiópia, tristonho, a braços com problemas com a altitude, com o cinzento do céu, a pobreza do bairro e a noite mal dormida.

Etiópia. Dia 0

De partida para a Etiópia. Preparação e viagem, desde Faro, passando por Lisboa e por Madrid. Chegada a Adis Abebba, com muito calor e uma grande confusão.

França 2018 – Dia 6

De Limoges para Bordéus, com uma paragem na agardável aldeia de Saint-Emillión antes de devolver o carro no aeroporto e passar uma tarde e serão de relaxe num quarto de hotel.

França 2018 – Dia 5

Jornada inteiramente dedicada à cidade de Limoges, muito bonita e agradável, excelente para passar um dia em grande, com igrejas, palácios, museus, jardins, edifícios históricos e muito mais.

França 2018 – Dia 4

De Saumur até Limoges, com paragens em Sain-Sevin e especialmente em Oradour-sur-Glane, um dos objectivos principais desta viagem.

França 2018 – Dia 3

Começar com o Museu de Blindados e depois passar o dia na estrada, a visitar castelos e palácios maravilhosos e outros locais lindos do Vale do Loire. Um dia muito bem preenchido, em cheio.

França 2018 – Dia 2

Um segundo dia tão bom como o primeiro, com um passeio na área balnear de Saint-Nazaire, a exploração de uma antiga base de submarinos, uma paragem na cidade histórica de Guérande e um final de dia delicioso em Saumur.

França 2018 – Dia 1

Dia cheio, a começar no final de uma noite mal dormida no aeroporto do Porto e a acabar em Saint Nazaire, com muitos locais bonitos visitados durante o dia, como Rochefort-en-Terre, Vannes e Saint Anne D'Auray.

Andorra 2018 – Dia 4

Fim da visita a Andorra. Um inesperado local histórico, igrejas medievais, a mais bonita aldeia do Principado e a montanha. Atravessar a Catalunha parando aqui e acolá. Aeroporto de Barcelona.

Andorra 2018 – Dia 3

Agradável dia em Andorra, com a visita a duas casas-museu, a um lago e à capital do Principado. O principado continua a fascinar, com um ambiente muito agradável e paisagens lindas de morrer.

Andorra 2018 – Dia 2

Dia magnífico em Andorra, cativante desde logo pela beleza natural, facilidade de processos, simpatia das pessoas, boas estradas, supermercados agradáveis. De Encamp para Canillo, com muitas paragens.

Argélia 2018 – Dia 9

Último dia na Argélia, muito bem aproveitado para rever o melhor de Argel e descobrir novos locais, como a Catedral de Nossa Senhora de África e o Cemitério Cristão.

Argélia 2018 – Dia 8

Um dia de trânsito, de comboio de Constantine para Argel, com a paisagem a desfilar em frente aos olhos e um final de tarde relaxante na bonita capital argelina de que tanto gosto.

Argélia 2018 – Dia 7

Em Constantine, a explorar a cidade, passando pontes, vendo o Monumento da Grande Guerra, sentindo o ambiente, almoçando bem e acabando a festejar o campeonato ganho pelo clube da terra.

Argélia 2018 – Dia 6

De Ghardaia para Constantine, com passagem por Argel, e uma primeira abordagem à cidade das pontes sob pesada chuva. Serão agradável com o anfitrião e outro Couchsurfer.

Argélia 2018 – Dia 5

Segundo e último dia completo em Ghardaia, muito bem preenchido com duas visitas a aldeias históricas, com especial destaque para Béni-Isguen, que se revelou a mais interessante.

Argélia 2018 – Dia 4

Um dia preenchido passado na região de Ghardaia, com visitas aos núcleos históricos dessa cidade e de Bounoura, com a melhor pizza de sempre pelo meio, a compra de tâmaras de qualidade e um chá ao final.

Argélia 2018 – Dia 3

Manhã em Argel, visitando o Memorial dos Mártires, a Gruta de Cervantes e o Jardim Botânico. À tarde, aeroporto, voando para Ghardaia, onde chego tarde mas a tempo de um serão com chá e bolinhos.

Argélia 2018 – Dia 2

O primeiro dia completo na Argélia foi fabuloso, passado a explorar o famoso Kasbah com o nosso anfitrião Abdou e outras partes antigas da cidade, algo que levou horas e horas.

Argélia 2018 – Dia 1

Primeiro dia na Argélia que foi magnífico, a prometer uma grande viagem. Vimos um hotel clássico, um museu e a cidade e as suas gentes. Grande conversa ao serão com o anfitrião.

América Latina 2016 – Dia 53 – Cidade do Panamá

Dia da despedida da América Latina, com muito calor e pouco para fazer. Templo de reflexão e balanço na Cidade do Panamá. As saudades chegam antecipadas.

América Latina 2016 – Dia 51 – Bogotá

Dia inteiro em Bogotá, onde se destacam as avenidas desertas de carros e cheias de cidadãos e muitos artistas de rua, assim como a subida ao topo de um dos mais altos edifícios.

América Latina 2016 – Dia 50 – Bogotá

Chegado a Bogotá, parto para explorar o bairro mais antigo da cidade, La Candelaria, visitando um par de interessantes museus e ficando de boca aberta perante a grandiosa Praça Simon Bolivar.

América Latina 2016 – Dia 49 – Santa Fe de Antioquia

Dia de trânsito, com a manhã para gastar em Santa Fe de Antioquia e o resto do tempo para seguir para Medelin e de lá, via aérea, para Bogotá. Dormir no aeroporto.

América Latina 2016 – Dia 48 – Santa Fe de Antioquia

De viagem de Guatapé para a clássica de Santa Fe de Antioquia, passando por Medelin. Difícil dizer de qual gosto mais. Talvez da segunda., onde passei dois belos dias.

América Latina 2016 – Dia 47 – Guatapé

Ainda em Guatapé, mudei de hostel, fui para os arredores, descansei e explorei um pouco mais da vila, passando belos momentos nos cafés a observar as pessoas.

América Latina 2016 – Dia 46 – Guatapé

Viagem de Cartagena para Guatapé, passsando por Medelin. Um dia bem preenchido em que ainda deu para explorar esta capital da cor que é Guatapé.

América Latina 2016 – Dia 45 – Cartagena

Um dia em Cartagena, usado para rever e explorar um pouco mais. Praças magníficas, sumos excelentes, um pequeno paraíso. Mas ai de quem se aventurar noutras partes da cidade.

América Latina 2016 – Dia 44 – Cartagena

Um maravilhoso dia passado em Cartagena que me fez apaixonar de imediato pela Colômbia. Riqueza de experiências, um ambiente fantástico, comida e bebida barata.

América Latina 2016 – Dia 43 – Da Cidade de Belize...

Da Cidade de Belize para Cartagena, na Colômbia, num dia relaxado onde uma viagem louca de autocarro com um velhote a fumar ganzas ao volante marcou o dia.

América Latina 2016 – Dia 42 – De San Ignacio à...

Em trânsito. a caminho da minha porta de saída da América Central. Uma manhã a explorar San Ignacio, uma boa parte do dia a chegar à Cidade de Belize e o resto a descansar no meu quarto por lá.

América Latina 2016 – Dia 41 – De Flores até ao...

Um dia em grande, saindo de Flores, na Guatemala, atravessando a fronteira, explorando as ruínas Maias de Xunantunich e chegando a San Ignacio, onde pernoito num belo hostel. Muita caminhada, alguma aventura, bela jornada de viagem.

América Latina 2016 – Dia 40 – Flores

Descansar em San Miguel, frente a Flores e apreciar um belo dia cheio de pequenos nadas, com passeios inesperados e uma exploração fértil na própria Flores.

América Latina 2016 – Dia 39 – De El Remate a...

Mais um belo dia na América Central, encontrado que foi um pouso para descansar alguns das no paraíso: San Miguel, do outro lado do rio, frente a Flores.

África 2017 – Dia 30 a 33 – Dakar

Uma série de dias em Dakar para fechar a viagem por África, com muito relax e muito stress, primeiro um e depois o outro.

África 2017 – Dia 30 – Ilha de Gorée

Longa viagem entre Saint Louis e Senegal, aventuras com a polícia nas ruas de Dakar e uma tarde idílica na querida Ilha de Gorée. Um dia bem preenchido, portanto.

África 2017 – Dia 29 – Saint Louis

Um dia agradável que começou muito cedo, em Podor, e terminou em Saint Louis, com uma longa viagem pelo meio. Estão a chegar ao fim os dias do Senegal.

África 2017 – Dia 28 – Podor

Um dia calmo, em Podor, marcado pelo serão interessante na companhia do Barri, um cantor local.

África 2017 – Dia 27 – Podor

Um dia bem preenchido, com uma viagem por estrada de mais de 200 km e a chegada a Podor, que adorei, assim como o hotel onde se ficou.

África 2017 – Dia 26 – Saint Louis

Um dia em lume brando em Saint Louis, com algumas descobertas sem grande relevo, como a da Base de Hidroplanos.

África 2017 – Dia 25 – Saint Louis

O meu aniversário, passado em Saint Louis, num dia agradável de exploração mas sem nada de realmente especial.

África 2017 – Dia 24 – Até Saint Louis

Foi um bom dia. Acordar na ilha de Gorée e adormecer na de Saint Louis, bem a norte, junto à Mauritânia, com uma longa viagem e um momento mágico pelo meio.

África 2017 – Dia 23– Ilha de Gorée

Apenas um dia pausado a apreciar os encantos da Ilha de Gorée com um grande pôr-de-sol a encerrar.

África 2017 – Dia 22– Ilha de Gorée

Um grande dia de viagens, de Dakar para a Ilha de Gorée, que me conquista totalmente e onde passo uma tarde em grande.

África 2017 – Dia 21– Dakar

Uma parte do dia para explorar Dakar e o resto para continuar na ronha. Um passeio pelo Plateau e uma visita ao Monumento da Renascença Africana.

África 2017 – Dias 19 e 20 – Dakar

Dias de repouso em Dakar, muito relaxados e simples.

África 2017 – Dia 18 – Dakar

Um dia de pura viagem, com algumas confusões, as pequenas angústias e uma dolorosa viagem até Dakar onde chego e me instalo num palácio!

África 2017 – Dia 17 – Da Gâmbia ao Senegal

Sair de Banjul levou-me uma boa parte da manhã e o resto do dia foi dividido entre um táxi partilhado, um autocarro, um sept place e um transporte local... uma longa jornada para dormir em Diene Lagane, já no Senegal.

África 2017 – Dia 16 – Gâmbia

Este foi um dia um pouco complicado e relativamente desconfortável, mas do qual não me arrependo de forma alguma. Passar pela Gâmbia não foi especialmente positivo mas foi interessante.

África 2017 – Dias 11 a 15 – Cap Skirring

Três dias felizes em Cap Skirring, num paraíso junto à praia, para descansar e carregar baterias.

África 2017 – Dia 10 – De Zinguichor a Cap Skering

De saída de Zinguinchor para uma solução de última hora encontrada em Cap Skirring, num dia longo e bem passado, terminado na praia, em harmonia.

África 2017 – Dia 9 – Canchungo a Ziguinchor, no Senegal

Mudança de país, até Ziguinchor no Senegal, com diversos problemas para resolver e um jantar magnífico.

África 2017 – Dia 8 – Bissau, Cacheu, Canchungo

Uma semana mais tarde, deixo Bissau. O destino é o Cacheu e Canchungo. Mas está tudo em aberto.

África 2017 – Dia 7 – Bissau

De novo em Bissau, num dia com algumas aventuras. Ao final da tarde o estádio enche-se de vida. Chegam ao fim os dias de Bissau e já tenho saudades.

África 2017 – Dia 6 – Bolama a Bissau

Regressar de Bolama a Bissau e chegar a uma cidade de Bissau adormecida pelo calor domingueiro.

África 2017 – Dia 5 – Bissau a Bolama

Navegando para Bolama para pernoitar por lá com o Minervino e explorar esta que foi a antiga capital da Guiné, com muita vida vivida.

África 2017 – Dia 4 – Bissau

Mais um dia passado em Bissau, com alguma tensão nas ruas, por locais que já se tornaram uma rotina e alguns novos, como o glorioso Sporting Clube de Bissau.

África 2017 – Dia 3 – Bissau

Mais um dia de exploração de Bissau, em que encontro o cemitério e as casas coloniais junto ao porto, terminado com mais um serão inesquecível em São Paulo, onde um trovador me dedica uma canção e a música das mulheres africanas ecoa.

África 2017 – Dia 2 – Bissau

Um dia para explorar Bissau, desde o Palácio do Governo até Bissau Velha, passando pelo porto, pela catedral e todas as outras referências essenciais da cidade.

África 2017 – Dia 1 – De Faro a Bissau

Acordar em casa, no Algarve, e adormecer num subúrbio de Bissau, passando por Lisboa. Assim foi o primeiro dia da viagem por África de 2017.